Após intervenção e negociação do SindilimpBA, empresa MR inicia pagamento de trabalhadores

Para a coordenadora-geral, o trabalho do SindilimpBA em parceria com órgãos de fiscalização e do MPT é fundamental para que os trabalhadores não sofram calotes das empresas prestadoras de serviços.

Foto: Divulgação

Quase seiscentos trabalhadores que prestaram serviço para a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) começaram a receber seus valores de ações rescisórias após intervenção do SindilimpBA e negociação com o Ministério Público do Trabalho (MPT). A informação é da coordenação do sindicato, nesta quarta-feira (12), que acompanha a ação e aponta para a execução dos pagamentos aos profissionais. De acordo com a coordenadora-geral Ana Angélica Rabello, a situação foi possível por causa das rodadas de negociações com a empresa MR e com o MPT.

“Esses trabalhadores prestaram serviço ao governo estadual pela empresa MR até o dia 16 de dezembro de 2021. Tivemos três mediações do Ministério Público e hoje a Secretaria de Saúde já está realizando o pagamento de 586 profissionais. Nós tivemos esse embate todo e hoje eles estão fazendo o pagamento. É mais uma decisão importante para os trabalhadores e para todos que atuam no sindicato, principalmente do setor jurídico que acompanha de perto todos os processos e também do vereador de Salvador Luiz Carlos Suíca [PT], que reforça a luta da categoria dos terceirizados de asseio e conservação e limpeza urbana”, descreve Ana.

Para a coordenadora-geral, o trabalho do SindilimpBA em parceria com órgãos de fiscalização e do MPT é fundamental para que os trabalhadores não sofram calotes das empresas prestadoras de serviços. Ana Angélica salienta que todo o quadro de funcionários da entidade segue à disposição dos profissionais e celebra mais um acordo cumprido. “Estamos acompanhando todos os processos envolvendo os terceirizados de asseio e conservação e de limpeza urbana, além de outros que procuraram o sindicato para que pudéssemos acompanhar e ajudar. E estamos resolvendo as coisas de forma célere e respeitando as leis”, completa. As informações são de assessoria.

Categorias: DESTAQUE,NOTÍCIAS

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress