Acorrentados: Terceirizados e Sindilimp lutando de todas as formas

Para mostrar à sociedade a forma autoritária que o patronato do setor de Asseio e Conservação está agindo em relação à categoria, trabalhadores e membros da direção do Sindilimp-BA se acorrentaram em frente à Câmara Municipal de Salvador na tarde desta segunda-feira (03).

Serviram de exemplo à opinião pública do desespero que toma conta de pais e mães de família que exigem o direito ao emprego, melhores condições de cida e trabalho. A reivindicação principal é também o pagamento em dia de tudo que é devido.

Quem deve e não paga, sem ao menos dar uma satisfação à categoria, merece o repúdio da sociedade.

A coordenadora-geral do Sindilimp-BA, Ana Angélica Rabelo afirmou que mais manifestações serão realizadas pela categoria. “Não podemos e não vamos nos calar. É um princípio do Sindicato lutar para assegurar e ampliar direitos da categoria”.

Categorias: NOTÍCIAS

Tags:

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress