MST há 30 anos luta pela democracia verdadeira no campo e pela vida

O vereador Luiz Carlos Suíca (PT), de Salvador (BA), emitiu uma nota parabenizando o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) que completa 30 anos de lutas nesta quarta-feira, 22.

Afirma que “a partir do surgimento do MST, começou-se a compreender no Brasil que a terra agrícola não deve ser objeto de propriedade privada a ser explorada por outrem, mas sim ser de quem nela trabalha”.

MST há 30 anos luta pela democracia verdadeira no campo e pela vida

*Vereador Luiz Carlos Suíca (PT)

Estamos diante de uma data histórica e fundamental para a luta dos povos. No dia 22 de janeiro de 1984 surgia oficialmente o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Apesar de tanta perseguição das instituições que não desejam a reforma agrária e o direito dos povos, o MST continua sendo fundamental para aprofundar a democracia no Brasil e essencial para os que desejam a construção de uma sociedade justa e igualitária.

Com orgulho estamos ligados como parceiros ao MST. Estamos incondicionalmente ao lado das companheiras e companheiros que combatem o latifúndio, símbolo do atraso social que persiste no Brasil vergonhosamente.

O MST mostra que só conquista quem luta de forma autônoma e com firmeza de princípios. Não teria a importância atual e não avançaria a cada dia sem a mobilização do movimento. Defender a reforma agrária e apoiar o MST é combater a concentração de terras nas mãos de poucos.

Segundo dados do último Censo Agropecuário do IBGE, 2,8% das propriedades brasileiras são latifúndios e ocupam 56,7% do território para produção agrícola. Já as pequenas propriedades representam 68,2% do total, mas ocupam somente 7,9% da área total brasileira. Não haverá uma democracia legítima sem a distribuição de terras e condições para que as famílias assentadas possam produzir, distribuir e comercializar alimentos mais saudáveis e que tenham como prioridade alimentar a população brasileira, ao contrário do que faz o agronegócio.

Como bem definiu Leonardo Boff o MST, “resgatam uma das mais ancestrais convicções da Humanidade: a Terra é um bem comum, vital, universal para todos os seus habitantes. Apropriar-se dela, dividí-la e ofendê-la pela excessiva exploração sempre foi considerado um roubo, uma apropriação indébita e um crime de ofensa à dignidade da Mãe Terra”.

Nosso mandato em Salvador coloca-se como parceiro, companheiro de luta, na defesa da reforma agrária. Se o campo não planta a cidade não come. A luta pela reforma agrária é uma de nossas prioridades e um dos nossos compromissos.

Saudamos e celebramos os 30 anos do MST e juntos vamos mais longe na defesa de um país mais justo e igualitário.

*Vereador Luiz Carlos Suíca”

Gabinete do Vereador Luiz Carlos Suíca

Edifício Bahia Center – Anexo da Câmara de Vereadores

Gabinete nº 24 – 4º andar – Telefone: (71) 3320-0430

E-mail: suica@cms.ba.gov.br

Rua Ruy Barbosa – Centro – Salvador , BA

Categorias: NOTÍCIAS

Tags: ,

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress