1º de Maio: Um dia de luta da Classe Trabalhadora

Em Salvador, no Farol da Barra, nesta terça-feira, a partir das 13 horas, com apresentação de grandes atrações musicais e um ato político, o Sindilimp-BA convida a categoria a participar da maneira que puder para mostrar que estamos firmes na luta! Viva o 1º de maio!

O Sindilimp em toda a Bahia, em cada região, sempre fez opção por lutar e assegurar os direitos dos trabalhadores. O 1º de Maio sempre será um marco nas reivindicações por aumento real de salários, pela redução da jornada sem redução de direitos, contra as reformas golpistas, pelo esclarecimento do assassinato de nossa companheira Marcelle Franco e liberdade para nosso eterno presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Estamos nas luta em defesa de todas as demais reivindicações do movimento popular.

“Não podemos esquecer que o 1º de Maio é dia internacional de luta dos trabalhadores e não de festinhas patrocinadas pelos governos e pelos patrões. O 1º de Maio é dia de luta”, lembra o vereador Luiz Carlos Suíca, nosso representante no Legislativo.

Somos herdeiras e herdeiros das lutas do 1º de Maio de 1886, uma greve geral nos Estados Unidos pela redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias com a adesão de mais de 200 mil trabalhadores. A repressão policial, a serviço dos patrões, matou e feriu centenas de trabalhadores, inclusive mulheres e crianças. Depois oito foram acusados de autores da violência e morreram enforcados ou assassinados na cadeia. Essa é a história do 1º de Maio: Dia Internacional de Luta dos Trabalhadores.

Queremos trabalho, honra, salários dignos, fim da exploração dos trabalhadores terceirizados, ou seja, uma sociedade nova, solidária, igualitária onde todos tenham vez e voz.

Estamos na luta por um 1ª de Maio, Dia do Trabalhador, com um tema que move a classe trabalhadora “Defesa por democracia, Lula Livre, Marielle Vive”.

 

Categorias: DESTAQUE

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress