Governo Temer faz desigualdade social aumentar no Brasil

Congelamentos dos investimentos públicos também contribuem com a desigualdade no país.

Um levantamento da LCA Consultores mostra um agravamento da concentração de renda no Brasil sob o governo usurpador e ilegítimo de Michel Temer. Segundo os dados, os 10% dos trabalhadores mais ricos aumentaram sua participação na massa salarial de 39% para 41,1% entre 2016 e 2017. O congelamento dos investimentos públicos, cortes nos programas sociais e reajuste do salário mínimo, sem aumento real, também contribuem para o aumento da concentração da renda, na avaliação de especialistas.

Veja o vídeo e entenda a razão do Sindilimp-BA, CUT e demais entidades sindicais lutarem pela democracia e por #ForaTemer!

Categorias: NOTÍCIAS

Tags:

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress