Sindlimp – Ba atua em defesa dos garis em Araci-Ba que viviam em escravidão ganhando 200 reais

O Sindilimp-Ba foi até a cidade de Araci-Ba onde após denúncia na mídia onde trabalhadores da limpeza urbana estavam em regime de escravidão recebendo cerca de 200$ da Coopetraba – Cooperativa de Transportes Alternativos Alternativos, Escolar, Consultoria e de serviços gerais do Estado da Bahia, está cooperativa recebia dinheiro da prefeitura de Araci-Ba e repassa um valor no qual não atende em nenhum aspecto as necessidades do trabalhador.

A direção do Sindilimp e a CUT paralisaram as atividades de limpeza do munícipio e se reuniram com o prefeito Silva Neto pela manhã até a resolução do problema, confira no vídeo exclusivo da TV GAP

Categorias: VÍDEOS

Tags: ,,

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress