Banda Afro Olodum agita multidão em Pernambués

Evento ‘Baba de Saia’ vai até o domingo

Uma tradição que veio de Minas Gerais para a capital baiana, o ‘Baba de Saia’ agitou mais de 7 mil pessoas em show da Banda Afro Olodum, nesta sexta-feira (05), em Pernambués. O evento iniciou por volta das 18h com um bingo.
O primeiro ‘Baba de Saia’, em Salvador, aconteceu em 1992, em apenas um dia, na rua Nova do Vale- Pernambués, organizado por um grupo de quatro amigos: Luan Abreu, Jorge Estrela, Hilton Cocheira e Orlando Gumans. No ano seguinte, após o futebol, houve um samba de roda que atraiu diversas pessoas. Em 1994, o evento tomou uma proporção gigantesca, e os organizadores passaram a contratar bandas para sacudir as seis mil pessoas que participavam. A partir de 1997, os dias de festa foram aumentando e hoje é feito em três dias. Em setembro de 2012, o evento foi suspenso devido a violência no bairro: “Infelizmente, nos preocupamos com a situação de quem frequentava o evento. Começou a ter confronto desagradável e preferimos dar um tempo, nos reorganizar, nos preparar. Daí veio a solicitação da PM, apoio da prefeitura do governo do estado e da comunidade”, ressaltou Jorge Abreu, um dos fundadores.
A comunidade se sacudiu ao som do samba-reggae do Olodum. Lucas D’Fiori, vocalista da banda informou que se sente lisonjeado em cantar no bairro em que foi criado: Sou morador do bairro, cantor da banda. É um prazer imenso está aqui em Pernambués. Esse bairro que brota cultura. Tem esse sigma de violência, mas quem convive aqui sabe que é um bairro transformador, de onde saiu vários artistas”, afirmou.
Militância
O vereador Luíz Carlos Suíca (PT), um dos apoiadores do evento, presente no local, disse que o ‘Baba de Saia’ é uma resistência já que seu principal papel é alertar os poderes públicos para que eles possam investir no bairro: “Essa atividade é mais que uma festa, é uma resistência. Lembro que o primeiro baba de saia fizemos na lama, no barro, as escolas era de péssima qualidade e fazíamos para chamar atenção das autoridades para dar oportunidade as pessoas do nosso bairro. Isso aconteceu! Hoje já tem ruas asfaltadas, escolas e neste dia 04 de outubro, dia de São Francisco, celebramos mais um ciclo. Depois que virei vereador, me vi na obrigação de retomar a tradição com um evento maior porque as pessoas merecem”, concluiu ao informar que mesmo quando não acontecia o ‘Baba de Saia’, outros grandes eventos que reuniam a comunidade foram feitos no local, como o telão da Copa do Mundo.
Comércio
Já os moradores ressaltaram a importância da movimentação do comércio local, já que atraiu milhares de pessoas para o local: “Trouxe para nós a oportunidade de ganhar dinheiro. Como alguns estão desempregados, esse evento nos ajuda a tirar algum dinheiro para ajudar a família”, disse Romário Belo, 25 anos, vendedor ambulante.
A programação segue até o domingo; veja:
SÁBADO:
09H ÀS 16H: AÇÃO SOCIAL (ODONTOLOGIA; ENFERMAGEM; OFTALMOLOGISTA; CORTE DE CABELO)
18H: BANDA SWING DO BILLY
19:30: BANDAUNHA VORAZ
21H: BANDA NOSSO AXÉ
23H- BANDA STRELLATO
DOMINGO:
14H: BANDA LUANDÊ
16H: BANDA FLAVINHO
18H: S. DE CHINELA/ ROBSON
19H: CONEXÃO RASTA
Local: Avenida São Paulo, Pernambués, Salvador-BA

Categorias: DESTAQUE

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress