Categoria deve participar das eleições 2018 e eleger o melhor para nós

Quem não gosta de política acaba sendo governado pelos espertalhões que gostam. Nossa categoria precisa ter vez e principalmente voz. Temos um lado, o ladfo da gente. Das trabalhadoras e trabalhadores que atuam contra a exploração.

É preciso entender que a política é uma luta de interesses. Ninguém pode falar por nões melhor que um d  e nós. Fique atento! Não se anule! Não anule seu voto!

A diretoria do Sindilimp-BA e demais sindicatos regionais acredita que:

  • o voto nulo é um desperdício que favorece quem o eleitor não quer.
  • o voto é uma importante ferramenta da democracia e deve ser utilizada para escolher nossa gente.
  • é importante acompanhar e participar da vida pública.
  • desmoralizar a política atende a interesses particulares.
  • o Legislativo é tão importante quanto o Executivo. Precisamos de deputado estadual e federal que nos represente de verdade.
  • a bancada dos trabalhadores ainda é muito pequena. Precisamos de vozes no Parlamento. Você pode aumentar essa representação.
  • seu voto, o voto do companheiro de trabalho, da sua família, fazem a diferença.
  • o direito ao voto, como disse no início, foi conquistado à duras penas.
  • anular, votar em branco, não ajuda a desenvolver o país, nem traz conquistas para os trabalhadores.
  • a descrença com a política é compreensível frente à flagrantes de corrupção, de mau uso do patrimônio público e da precária oferta de serviços e oportunidades à população. Mas é preciso entender que a política é um constante embate de interesses dentro do qual interessa à elite manter o povo alienado do processo.

Podemos citar diversas ações positivas feitas por políticos comprometidos com a coisa pública: crescimento econômico com geração de empregos, valorização do salário mínimo, maior acesso às universidades, aprovação do 13º salário, redução da jornada de 48 para 44 horas, direitos de férias, entre outras. Todas essas conquistas foram aprovadas no Congresso Nacional. O ponto é, se há bons e maus políticos, é porque alguém votou neles. Ou anulou ou deixou em branco o voto.

Por isso concluímos: uma conquista tem que ser bem utilizada. Em 2018, escolha bem o presidente, o governador, os senadores, os deputados que você quer. Você pode fazer e fará a diferença!

*Fonte: DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar)

http://www.diap.org.br/

Categorias: NOTÍCIAS

Tags:

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress