Em Salvador, quem luta pelos terceirizados é o Sindilimp-BA. Fique informado e combata a mentira

O Sindilimp-BA é o sindicato de luta da categoria. Não mentimos e atuamos com seriedade. Não pegamos parlamentares paraquedistas que nada representam, mas que aparecem nas manifestações para conquistar alguns votos. O vereador Luiz Carlos Suíca é nosso companheiro de lutas e conquistas.

Em relação a Fox do Brasil, o Sindilimp-BA atuou firme no contrato na área de Saúde (0001238-54.2011.5.05.0018) e o da Seplag (0001318-69.2011.5.05.0001).

Na Saúde, a sentença do processo foi julgada a favor dos trabalhadores, com a condenação da Prefeitura de Salvador. O Sindicato apresentou os cálculos dos trabalhadores para cobrar da Prefeitura a condenação dada pelo juiz. A prefeitura foi notificada dos cálculos apresentados pelo Sindicato e entrou com um recurso no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-BA) chamado “Agravo de Petição”, que discute os valores calculados pelo nosso Sindicato.

Esse tipo de recurso da prefeitura é padrão e na grande maioria dos casos não traz nenhuma alteração de valores. O processo aguarda julgamento deste recurso pelo Tribunal. Após este julgamento, a prefeitura poderá recorrer mais uma única vez ao Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília. Assim que finalizado esses recursos, o Juiz da 18a Vara do Trabalho de Salvador determinará o pagamento do processo.

Em relação ao contrato Seplag, a sentença deste processo também foi julgada a favor dos trabalhadores, com a condenação da Prefeitura de Salvador. O Sindicato, da mesma forma, apresentou os cálculos dos trabalhadores para cobrar da Prefeitura a condenação dada pelo juiz.

A prefeitura foi notificada dos cálculos apresentados pelo Sindicato e entrou com um recurso para o mesmo Juiz que conduz o processo, chamado “Embargos à Execução”, que também discute os valores calculados pelo Sindicato.

O processo aguarda julgamento deste recurso pelo Juiz da 1a Vara do Trabalho de Salvador. Após este julgamento, a prefeitura poderá recorrer mais duas vezes, uma para o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-BA) e a segunda e última vez ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), que fica em Brasília.

Assim que finalizado esses recursos, o Juiz da 1a Vara do Trabalho de Salvador determinará o pagamento do processo.

Pessoas de má fé tentam usar nossa ação como fator eleitoral. Trabalhamos com a verdade e não tememos os que por falta de trabalho na base se valem de mentiras, calúnias e difamações contra o Sindicato.

Acredite sempre no Sindilimp-BA como nosso instrumento de luta, organização e conquistas!

Categorias: NOTÍCIAS

Tags:

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress