Injustiça contra terceirizados no Tribunal de Justiça da Bahia. Exigimos o pagamento de tudo que é devido

A empresa BASE Empreendimentos e Serviços Ltda. está desde 2001 no ramo de locação de mão de obra em geral, conservação e limpeza predial e pública. Uma empresa deveria se preocupar com a satisfação de seus funcionários pagando em dia e respeitando a legislação trabalhista. Quem trabalha deve receber. Não é um favor pagar em dia e sim uma obrigação. Trabalhador quer o que é assegurado em lei e não favor ou esmola.

No Tribunal de Justiça da Bahia (TJ), que tem jurisdição em todo o Estado e é a instância mais elevada do Judiciário Estadual, composto por 59 desembargadores com sede no Centro Administrativo da Bahia (CAB), a empresa BASE mostra que não respeita nada, muito menos a justiça.

Trabalhadoras e trabalhadores estão com a carta de aviso prévio e o extrato completo do FGTS, porém, a empresa nada paga. Até quando os patrões pensarão que pagar é um favor e não uma obrigação?

As pessoas temem fazer manifestação no local para não se indispor com o Tribunal, A empresa vai sair e, com a chegada da nova contratada, algumas trabalhadoras e trabalhadores esperam continuar atuando no local.

Fomos informados que o setor responsável pelo contrato já repassou o dinheiro para a empresa que não quitou o que deve. É provável que a empresa tenha dívidas junto ao banco que reteve os valores. Ora, não foram os trabalhadores que fizeram as dívidas. A péssima administração que deixou a empresa chegar a uma situação dessas que arque com sua responsabilidade.

As trabalhadoras e trabalhadores exigem o pagamento de tudo que é devido! O Sindilimp-BA está mobilizado e asseguramos que não faltará mobilização e luta para que tudo seja pago.

Categorias: NOTÍCIAS

Tags: ,,

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress