Nota de Pesar: Paulo da Anunciação morreu na luta, mas a luta não morre!

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública, Asseio, Conservação, Jardinagem e Controle de Pragas Intermunicipal (Sindilimp-BA) comunica e manifesta pesar pelo falecimento na manhã desta segunda-feira (30) de Antônio Paulo da Anunciação, nascido em 10 de março de 1957 em São Félix (BA), um dos fundadores do nosso Sindicato e uma das figuras mais destacadas do Movimento Negro brasileiro.Após alguns dias internado com graves problemas renais, ele teve uma parada cardíaca e não resistiu.

O corpo será velado a partir das 12 horas na Igreja Adventista de Pedras, Rua do Fogo, Distrito de Pedras, em Santo Amaro de Purificação. O sepultamento será no Cemitério Campo da Caridade. Convidamos todas e todos que puderem, participarem desta homenagem ao nosso companheiro.

Dentre as diversas lutas, o nome de Paulo da Anunciação ficou marcado no combate à demissão de funcionários em Salvador. No dia 17 de fevereiro de 1997 o então prefeito Antônio Imbassahy, na época no PFL, atacou o direito trabalhista de 4.741 funcionários da Prefeitura de Salvador. Trabalhadores que com muita garra se dedicaram a construir uma Salvador melhor foram demitidos sem receber nenhum centavo a título de rescisão contratual e foram chamados de “ilegais” e os contratos considerados nulos. O Sindilimp-BA não se calou e partimos para organizar a resistência contra este atentado.

A resposta do prefeito Imbassahy e da repressão foi atacar os trabalhadores. Em uma manifestação pacífica os trabalhadores foram agredidos pelos policiais militares. No dia 18 de junho de 1997 o companheiro Paulo da Anunciação foi barbaramente agredido, teve seus cabelos “rastafári” cortados à faca, preso sem nenhuma assistência médica e passando mal. Edivaldo Rocha teve sua família ameaçada e teve que colocar seus parentes em uma vida na prática clandestina. O companheiro Luiz Carlos Suíça era seguido ostensivamente e seus familiares ameaçados. Para proteger seus filhos teve de colocá-los também na clandestinidade.

Paulo da Anunciação foi funcionário da Limpurb, fundador e coordenador do Sindilimp-BA, Secretário de Políticas Sociais da Central Única dos Trabalhadores-CUT; militante do Movimento Negro Unificado-MNU; responsável pela Secretaria Municipal de Combate ao Racismo e depois Secretário Estadual sobre Combate ao Racismo do PT. Suplente de vereador pelo Partido dos Trabalhadores-PT, (1997-2000), efetivou-se em fevereiro de 1999. Suplente de deputado estadual pelo PT, (1999-2003), efetivou-se em junho de 2000, na vaga de Paulo Jackson.

Paulo da Anunciação, PRESENTE!

Diretoria Colegiada do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública, Asseio, Conservação, Jardinagem e Controle de Pragas Intermunicipal (Sindilimp-BA)

Categorias: NOTÍCIAS

Tags:

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress