Temer ataca direitos dos trabalhadores e quer vender o Brasil, afirma o vereador Luiz Carlos Suíca

Membro da diretoria do Sindilimp-BA, representante dos trabalhadores em geral e dos trabalhadores em limpeza em especial, o vereador Luiz Carlos Suíca afirma que o “pacote de privatizações do governo Michel Temer continua causando críticas de diferentes setores da sociedade. Temer quer vender o Brasil e já começou a viajar para conseguir compradores. Soube que já apresentou parte do seu leilão para empresários chineses”.

Suíca classificou como “uma vergonha” o Brasil sair de uma economia progressiva “e cair no ostracismo do neoliberalismo com um grupo de corruptos tentando vender a Eletrobrás, a Casa da Moeda e até a Amazônia”. E observou que a Justiça Federal em Brasília cancelou qualquer decreto que acabe com reservas ambientais na Amazônia.

Sem provas

“Temer está desesperado para pagar o preço que custou o posto que ele ocupa hoje, depois de trair Dilma e se aliar a Eduardo Cunha, Aécio Neves, Romero Jucá, Geddel e toda a trupe da direita que sonhava em chegar ao poder sem votos”, comentou nosso companheiro de lutas.

No dia em que completou um ano do impedimento contra a presidente Dilma (31 de agosto), Suíca frisou que “até hoje nenhuma prova contra a legítima presidenta Dilma Rousseff foi comprovada: “Não houve pedaladas, não teve crime de responsabilidade. Não teve participação em ilegalidade alguma no processo da compra da refinaria de Pasadena e foi inocentada pelo Tribunal de Contas da União. Quero saber, se isso não for um golpe contra a democracia, como então devo nomear?”.

Suíca é nosso representante e sempre estará na luta ao lado dos interesses dos trabalhadores e trabalhadoras. É o Mandato da Gente.

Categorias: NOTÍCIAS

Tags:

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress