Sindilimp-BA na defesa dos direitos e empregos das/os terceirizadas/os

Diante de uma crise algumas pessoas não conseguem saber e localizar quem são os seus inimigos diretos. É o que ocorre agora com a situação das terceirizadas e terceirizados.

Por desespero ou má-fé atacam o Sindilimp-BA. Nós não contratamos as empresas e muito menos cada trabalhador que amarga agora os atrasos salariais, ataques a direitos e o desemprego. As empresas, os patrões e os governos é que contratam e pagam e não a entidade sindical.

“Não é verdade que abandonamos os terceirizados, isso é uma calúnia. Estamos em negociação e isso tem ocupado todo o tempo da direção. Não concordamos com vários pontos nas negociações envolvendo os pagamentos dos salários atrasados, e até ao Ministério Público a nova direção da Secretaria foi para garantir os pagamentos pelas empresas, que já receberam os repasses. Fomos contra, a princípio, pois esse processo de ir ao MP iria demorar muito. Mas do jeito que está os desmandos das empresas iremos sim junto com a Secretaria solicitar uma mediação do órgão para garantir os pagamentos de salários benefícios e rescisões FGTS não recolhido e 40%. A hora é de garantir empregos”, esclarece a coordenadora geral do Sindilimp-BA, Ana Angélica Rabello.

Aos que de forma covarde e/ou desesperada atacam o Sindilimp-BA buscando ganhos políticos, informamos que nos mantemos sempre na luta em defesa dos empregos e assegurar e ampliar direitos.

Com lucidez e unidade superaremos mais este período sombrio que enfrentamos! A unidade de ação fará avançar nossa luta!

Categorias: NOTÍCIAS

Tags:

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress