Sindilimp-BA diz que empresa fantasma presta serviços ao governo federal

A falta de critério para contratação de empresas terceirizadas pelos governos federal, estadual e municipais foi denunciada nesta quinta-feira (23), pela coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública, Comercial, Industrial, Hospitalar, Asseio, Prestação de Serviços em Geral, Conservação, Jardinagem e Controle de Pragas Intermunicipal (Sindilimp-BA), Ana Angélica Rabelo.

“Como é que o nosso sindicato consegue rastrear uma empresa que atende pelo nome de Execução Construção e Terceirização Ltda. e descobre que ela não existe e o governo federal a contrata? São fatos como esse que levam os trabalhadores terceirizados sofrerem tanto com atrasos salariais e outros ataques trabalhistas”, disse.

E continua: “nosso Departamento Jurídico descobriu que ela nem ao menos existe legalmente. Será que os diversos órgãos de controle do governo federal não conseguem realizar nem ao menos isso?”, questiona.

O vereador Luiz Carlos Suíca, membro da direção do Sindilimp-BA, lembra que os governos não podem ficar omissos com os tantos problemas enfrentados pelos trabalhadores terceirizados. “Devem exigir a manutenção de um relacionamento pautado no respeito mútuo, preservação e confidencialidade das informações pertinentes à empresa que contrata”, critica.

Ainda segundo Ana Angélica Rabelo, o setor jurídico do Sindicato está tomando providências contra a Execução Construção e Terceirização Ltda. e exigir do governo federal um posicionamento sobre de quem é a responsabilidade ou irresponsabilidade pela sua contratação. “Empresas fantasmas atentam contra todos. Não pagam os impostos devidos e com isso a arrecadação do Estado é menor. Para os trabalhadores terceirizados o sofrimento é ainda maior porque não existe nada mais deprimente do que trabalhar e não receber na data correta”.

Fonte: Redação Bocão News

Categorias: NOTÍCIAS

Tags: ,,

Comentários estão fechados

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress